Cadastro de clientes: você está fazendo do jeito certo?

Sabe aquele mês que as vendas estão fracas e você precisa rapidamente aumentar o faturamento? Você tem um grande aliado em mãos: recorra ao cadastro de clientes!

Se você sempre busca maneiras de melhorar a performance das vendas, saiba que o cadastro de clientes é uma estratégia fundamental que deve ser trabalhada o quanto antes. No post de hoje apresentamos 4 razões que comprovam a importância de manter um cadastro de clientes organizado e atualizado. Continue a leitura e confira!

Invista no melhor atendimento

Se sua empresa já trabalha com atendimento online, ou melhor, com SAC 2.0, ela está no caminho certo. É importante estabelecer contato com os clientes potenciais. Os chamados leads, em diferentes canais digitais.

Mas fato é que o SAC 2.0 está dando lugar para o SAC 3.0, que busca compreender melhor os hábitos de consumo e o estilo de vida dos possíveis clientes, avaliando não só os dados do cliente, mas também o comportamento. Se você ainda não faz o SAC 3.0, comece agora mesmo!

Seja um encantador de clientes

Sua empresa faz anúncios aleatórios dos produtos? Já experimentou atuar em campanhas com foco em públicos específicos?

A metodologia do inbound marketing é tema para outro post, mas com ela ganha voz a jornada do consumidor, que é o grande segredo para um atendimento personalizado bem feito. Ao “capturar” um possível cliente na jornada do consumidor, ofereça a ele uma experiência acima da média.

Através do conteúdo relevante, sua empresa consegue atrair pessoas interessadas em consumir seus produtos. Esses interessados vão evoluindo dentro da jornada até chegarem na fase final: a de fechamento da compra.

Nutra o relacionamento com os clientes

Você já ouviu falar em Customer Success? Ele (ou uma equipe inteira) é a pessoa responsável por lidar com o relacionamento com o cliente dentro de uma empresa. E a experiência do usuário é coisa séria.

Imagine a seguinte situação: você conseguiu despertar o interesse do lead, ele fez a primeira compra na sua loja e você mandou aquele e-mail padrão confirmando a venda e se colocando à disposição. Mas não dá para parar por aí. Você deve oferecer todo o suporte necessário para que o cliente fique satisfeito com a compra e com a empresa. Sem contar que ele deve virar um “embaixador” da sua marca e indicar seus produtos para amigos e familiares.

E se ele voltasse para comprar na sua loja com regularidade? Seria melhor ainda, não é mesmo? Pode ter certeza: se todo cliente fizesse isso, sua empresa economizaria muito com divulgação e aquisição de novos clientes.

Ainda que você não seja cliente da PDVend, ao entrar em nosso blog para ler esse artigo, você se deparou com alguns banners, como o de fazer a assinatura da nossa newsletter para receber todos os textos por e-mail:

A cada pessoa que preencher o e-mail e se interessar em receber algum material nosso, vamos iniciar um relacionamento com ela. É assim que fazemos e é desse modo que você deve fazer também para nutrir relacionamentos. Principalmente depois que o seu lead fazer uma compra e virar um cliente.

Quanto mais familiarizado um cliente estiver com a empresa, mais frequentes serão as visitas dele. Ou seja, ele será fidelizado pela sua marca. Se você se colocar no lugar do cliente, fica mais fácil compreender a importância de criar essa relação de proximidade.

As grandes marcas, por exemplo, não deixam passar oportunidades para chamar um cliente de volta. Elas enviam e-mails, realizam ligações, enviam convites exclusivos e até mesmo brindes para ter aquele cliente de volta.

Qual optar: cadastro de clientes online ou offline?

Publicações nas redes sociais podem acabar caindo no esquecimento dos usuários à medida que novos assuntos vão surgindo. Com o e-mail é diferente, já que ele fica armazenado na caixa de entrada (quando não é excluído, claro). Uma das melhores formas de manter o cadastro de clientes é por meio da coleta de e-mails. Sem contar que a lista de e-mails já ajuda na nutrição de leads, que citamos no tópico acima.

Pela internet, tudo fica mais organizado e pode ser feito de modo automatizado, por meio de uma landing page e um sistema de gestão, por exemplo. Agora, se você prefere ter um cadastro de clientes offline, uma boa opção é fazer a coleta de dados pessoalmente quando for fazer o fechamento da venda. Você pode oferecer descontos e brindes em troca desses dados e conhecer o comportamento dos seus consumidores colocando em prática o SAC 3.0 fora do ambiente online.

Existem inúmeras possibilidades a serem exploradas no cadastro de clientes. Por isso, não importa o método que você vai escolher, sua campanha terá sucesso se você coletar os dados que realmente são importantes para a sua empresa.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a importância de fazer o cadastro de clientes, mãos à obra! Com a PDVend você consegue cadastrar os dados dos seus clientes e acessá-los quando quiser de qualquer lugar. Quer saber mais? Deixe seu comentário!

  • Compartilhar
Anna Bella Bernardes
Jornalista formada pela PUC Minas e pós-graduada em comunicação e marketing pela Universidade de São Paulo. Com 7 anos de experiência na área de comunicação, desde 2015 atua com marketing de conteúdo, SEO e inbound marketing.

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.