Como investir na minha empresa para crescer na crise?

Recessão econômica não é desculpa para ficar parado. A crise é real, mas não precisa ser um empecilho para o seu crescimento.  Ao contrário do que muitos imaginam, ela pode ajudar o varejista nacional, criando novas oportunidades. Durante uma crise econômica, montar um negócio buscando crescer na crise pode ser uma opção para fugir do desemprego, por exemplo.

Os empreendedores buscam cada vez mais maneiras criativas e inovadoras para conseguirem driblar todas as dificuldades e se manterem no mercado. Através de um bom planejamento estratégico, você pode lidar com esse período de incertezas e anular as chances do seu empreendimento ir por água abaixo. Quer descobrir como? Continue a leitura desse post e confira algumas dicas que ajudarão a sua loja a crescer na crise!

Não trate a crise como tabu

Não alimente a crise, tornando-a ainda maior do que ela já é. Ainda estamos dentro dela, mas isso não significa que você deve pensar nela a cada instante ou mesmo trata-la como ponto central das suas ações. Já passamos por outras crises e elas chegaram ao fim.

O Brasil entrou em uma das mais profundas e duradouras crises econômicas de toda a sua história no segundo trimestre de 2014. A desaceleração da economia resultou em 6,5 milhões de desempregados, seguido de uma queda expressiva no poder de consumo das famílias e na produção e venda do comércio no geral, gerando um grave problema social nos brasileiros. Apesar da economia exibir sinais de recuperação, os comerciantes ainda sentem os efeitos dessa crise econômica.

Prosperar é o maior desafio em tempos em que seis em cada dez empresas abertas no Brasil são fechadas antes de completarem cinco anos, mas está longe de ser impossível. Por isso, estude o seu mercado e analise todas as possibilidades ao seu redor para crescer na crise. Independentemente do foco do negócio que você tem ou deseja abrir, em um período de incertezas econômicas você também não pode se esquecer da situação vivida pelos seus clientes, que tendem a controlar mais os seus gastos.

Saiba fidelizar o seu cliente

Nunca se esqueça que o cliente é a principal razão para a existência do seu negócio. Afinal, você só abriu a sua loja porque enxergou um potencial de mercado a ser atendido por ela e o seu cliente enxergou no seu negócio uma identificação para a suas necessidades. Por isso, ofereça excelência nos seus produtos e não deixe o seu cliente na mão. Fidelize-o para que ele compre novamente o seu produto e indique sua marca por aí.

Durante uma recessão, cada cliente é um ativo poderoso para o seu negócio, e é disputado fervorosamente por todos os seus concorrentes. Desse modo, supere a concorrência oferecendo uma melhor comunicação com o seu cliente através do pós-venda e uma eficaz central de relacionamento.

Planejamento é palavra de ordem

Um planejamento criterioso é fundamental para os tempos de crise econômica. A falta de um conjunto de metas é garantia de fracasso, principalmente com a instabilidade econômica. Feeling e intuição são muito importantes para o negócio, mas é preciso saber se organizar.

A crise obriga você a organizar as finanças da sua loja e a rever o seu orçamento pessoal. O seu cliente também fará isso. Por isso, elimine as despesas supérfluas e reformule seu orçamento.

Você pode recorrer às ferramentas de gestão gratuitas. Calcular a Curva ABC de gestão de estoque pode te ajudar a fazer uma gestão de estoque eficiente.

Não deixe de investir no marketing

O marketing é o primeiro que você cortou durante a crise? Reveja esta ação, porque o marketing pode impedir que sua empresa seja engolida pela recessão e caia no esquecimento. O que você precisa é traçar boas estratégias de investimento em marketing.

Ele o ajudará a entender onde você está, para onde quer ir e o que deve fazer para atingir os objetivos do seu negócio. Tenha em mente o quanto o seu negócio irá faturar ao longo do ano, quais serão seus principais desafios e busque alternativas de campanhas de marketing que sejam ajustáveis.

É na internet que o seu cliente está? Esteja onde ele estiver! Invista no marketing digital, que tende a ser uma alternativa de menor custo e até mesmo com maior eficiência em grande parte das vezes, investimento baixo e resultados que podem ser mensurados com maior precisão.

Inove para crescer na crise

A inovação é uma das armas para enfrentar as épocas de crise econômica e já falamos disso por aqui no blog. Durante a recessão, apenas os que inovarem irão prosperar. Saiba usar a inovação ao seu favor e não impeça que a crise roube sua criatividade. Afinal, você não investe muitos recursos financeiros para inovar em grande parte das vezes.

E então, o que você estava fazendo para o seu negócio crescer em tempos de crise? Espero que as dicas de hoje te ajude a alavancar os seus negócios em tempos de recessão. Deixe seu comentário contando as suas experiências! Até a próxima!

  • Compartilhar
Anna Bella Bernardes
Jornalista formada pela PUC Minas e pós-graduada em comunicação e marketing pela Universidade de São Paulo. Com 7 anos de experiência na área de comunicação, desde 2015 atua com marketing de conteúdo, SEO e inbound marketing.

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.