Boas Práticas de um E-commerce para a Black Friday

A Black Friday já se consagra como a segunda maior data sazonal do País em número de vendas, atrás apenas do Natal. Em 2017, ela movimentou R$2,1 bilhões no Brasil, uma alta de 10% em relação a 2016. No ano de 2018, as vendas de e-commerce para a Black Friday devem crescer 15% em relação ao ano passado, faturando cerca de R$ 2,43 bilhões durante a data, de acordo com a Ebit|Nielsen.

A ação aconteceu pela primeira vez no ano de 2010 no nosso país, mas só atingiu seu primeiro pico de vendas em 2013. Segundo pesquisa realizada pelo Google, a maioria dos consumidores brasileiros pretende comprar na Black Friday de 2018, que vai acontecer no dia 23 de novembro.

Ausência de estoque, site fora do ar, problemas na hora de finalizar a compra e demora na entrega dos produtos são alguns dos problemas que podem surgir em eventos como este, onde há um grande volume de vendas. Você quer aprender algumas dicas sobre como aproveitar a data e turbinar seu e-commerce? Continue a leitura e descubra como alcançar ótimos resultados com boas práticas de um e-commerce para a Black Friday!

1. Preparação (ainda dá tempo!)

A loja que não participa da Black Friday acaba ficando para trás em relação às suas concorrentes e pode ir desaparecendo na mente do consumidor. Certamente você não vai querer isso, vai? Prepare-se para que a data seja um sucesso para os seus negócios.

Primeiramente é preciso que você faça uma boa negociação com seus fornecedores. Afinal, você precisará de um estoque mais robusto. Se os seus pedidos demoram muito tempo para chegar é preciso que você se prepare com mais antecedência. O tempo de preparação vai depender dos seus objetivos e metas. Por isso, analise como o seu negócio funciona.

2. Comunicação e marketing digital

Assim que você tiver decidido as questões relacionadas aos fornecedores e estoque, é hora de analisar a sua base de clientes. Se você já faz disparos de e-mail marketing, melhor ainda. Você pode disparar um fluxo de e-mail segmentado para que aqueles que já compraram na sua loja saibam que você participará da Black Friday. É possível ainda oferecer para sua base descontos mais agressivos, ou mesmo brindes e cesta de produtos com super ofertas. Outra dica valiosa é investir na divulgação do seu produto “carro-chefe”.

77% dos consumidores são influenciados pelas redes sociais no momento de fechar uma compra em um e-commerce. Por isso, é muito importante que você faça postagem nelas antes e durante a Black Friday. Invista em um bom conteúdo e solte a criatividade. Troque as capas das suas páginas para a temática da Black Friday e publique posts ao longo do dia para divulgar cada produto com desconto. Vale também definir as hashtags que você deseja trabalhar nas postagens.

3. Estrutura do site

Problemas ao finalizar a compra, site fora do ar e dificuldades no pagamento além de perda de receita geram muita dor de cabeça para o varejista. Desse modo, é preciso que o seu site seja bem estruturado. Todas as etapas de backoffice precisam estar alinhadas. E é aí que entra em cena o planejamento estratégico.

Segundo pesquisa realizada pelo Aberdeen, a cada segundo demorado para carregar uma página em e-commerce, a satisfação do cliente cai em 16% e o número de visualizações em 11%.

4. Atendimento de excelência

É fundamental que você ofereça um bom atendimento aos visitantes da sua loja, bem como no momento de pós-venda do seu cliente. Para isso, você pode recorrer a uma boa ferramenta de atendimento. O que você ganha com isso? Clientes fidelizados que virarão embaixadores da sua marca.

Poder contar com um atendimento personalizado pode destacar seu e-commerce da concorrência. Descontos todas as lojas oferecem durante a Black Friday, mas a qualidade do serviço nem sempre.

5. Black Fraude

A Black Fraude acontece quando o e-commerce “maquia” os preços dos produtos ou oferece descontos mínimos, aumentando o valor antes da Black Friday e diminuindo no dia da ação. Sempre ofereça descontos reais aos seus clientes. Caso contrário, sua marca pode ser associada a uma imagem negativa, já que os consumidores estão cada vez mais atentos a esse tipo de prática.

A Black Friday pode ser uma excelente oportunidade para você alavancar suas vendas e gerar excelentes resultados. Busque se planejar com antecedência e cuide de todos os preparativos para a grande data. Esperamos que este conteúdo sobre as boas práticas de um e-commerce para a Black Friday tenha sido útil para você. Não se esqueça de deixar seu comentário, dúvidas ou sugestões. Boas vendas!

  • Compartilhar
Anna Bella Bernardes
Jornalista formada pela PUC Minas e pós-graduada em comunicação e marketing pela Universidade de São Paulo. Com 7 anos de experiência na área de comunicação, desde 2015 atua com marketing de conteúdo, SEO e inbound marketing.

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.