Food Service: Mercado promissor para investimentos

Food Service é um dos setores de alimentação que vem crescendo nos últimos anos.

Esse mercado foi impulsionado, principalmente, pela demanda de quem come fora de casa.

Geralmente, essas pessoas consomem alimentos prontos congelados ou entregues em casa.

O setor de serviços para esse mercado abrange uma rede de negócios ampla, como bares, restaurantes, fornecedores de alimentos e bebidas, operadores logísticos, dentre outros.

No segmento de franquias, também ganha destaque.

Segundo pesquisas realizadas pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), as redes de franquias do segmento, tiveram um aumento de 9,4% nos últimos anos.

Segundo o balanço de algumas entidades, as franquias de alimentação tiveram uma receita de R$ 27,9 bilhões no último ano.

Isso representa 20% do mercado de franchising.

Isso em um mercado com média de faturamento de R$ 350 bilhões anuais.

Preparamos esse artigo para mostrar as vantagens de investir no mercado Food Service. Confira.

Food Service e os fatores de crescimento no ramo da alimentação.

Alguns fatores contribuíram para o crescimento do setor alimentício e principalmente do Food Service:

  • Aumento da renda familiar, com a inclusão da mulher na população economicamente ativa, limitando seu tempo no preparo da comida, estimulando a realizarem mais vezes as refeições fora de casa.

 

  • Aumento do número de solteiros, morando sozinhos, ocasionando maior demanda de consumo de produtos prontos e entregues via delivery.

 

  • Tempo de deslocamento nos centros urbanos, impedindo as pessoas de se alimentarem em casa.

 

  • Novas opções de negócios, impulsionadas pelas demissões dos últimos meses, resultando em abertura de novos negócios.

 

  • Expansão dos Shopping Centers no interior do Brasil.

 

  • Crescimento do mercado da alimentação saudável.

 

6 fatores para você investir neste mercado

Como anda o mercado de Food Service e que motivos teria um empreendedor ou investidor para explorar esse segmento?

As perspectivas são atraentes para quem prestar atenção às tendências.

Além disso, você deve manter um plano de negócios sempre atualizado.

Então, se você tem veia empreendedora e sonha em investir em seu próprio negócio, o mercado de alimentação fora de casa pode ser uma boa ideia.

Confira 5 bons motivos que justificam seu investimento.

1 – Expansão mesmo com a crise

Os levantamentos do Sebrae mostram que o mercado de food service tem mostrado crescimento significativo nos últimos anos.

Em 2016, a produção de alimentos foi um dos setores que apresentou crescimento.

Mesmo enquanto a crise atingia vários outros segmentos da indústria.

Quando o orçamento das famílias entra no vermelho em tempos de crise, os supérfluos são cortados.

Logicamente, não é possível cortar a alimentação.

No máximo, haverá mudanças de hábitos e adaptações no dia a dia, para manter as contas equilibradas.

2 – Busca de facilidade pelo consumidor

As demandas constantes da vida moderna encurtaram o tempo.

Isso fez com que ele se tornasse nosso bem mais precioso.

As pessoas buscam alternativas para poupar tempo durante a jornada de trabalho.

Com isso, restaurantes e lanchonetes se apresentam como uma boa opção para quem vive na correria e não pode ir comer em casa.

Para quem trabalha fora, o horário de almoço tem sido gradativamente reduzido.

E a tendência é de diminuir mais ainda.

A reforma trabalhista proposta pelo governo prevê a adoção de intervalos de 30 minutos para almoço.

Isso o pode significar mais aquecimento para o mercado de Food Service.

3 – Expansão dos centros comerciais

Os shoppings estão se expandido nas grandes cidades e interior.

Isso abre novas oportunidades para empreendedores e investidores interessados no mercado.

Consumidores vão às lojas do shopping e frequentam cinemas.

Isso engrossa. o público que procura as praças de alimentação.

Mesmo nos fins de semana, fora dos horários de abertura das lojas, esses locais apresentam grande movimento.

Do mesmo modo, o crescimento do turismo aumenta o fluxo de viajantes em estações de metrô, aeroportos e rodoviárias.

Isso favorece a instalação de praças de alimentação nesses locais.

4 – Mudança de hábitos dos consumidores

O mercado pode oferecer muito além da conveniência e da economia de tempo.

Duas grandes vantagens para os consumidores são a qualidade e variedade.

Qualquer profissional da área médica, não importa a especialidade, sempre vai recomendar uma alimentação variada para quem se preocupa com a saúde.

O governo também investe em campanhas de incentivo.

A alimentação saudável é parte da estratégia de prevenção de doenças.

Mais pessoas saudáveis, menos procura nos centros de saúde.

No entanto, na rotina corrida do dia a dia, muita gente tem horário de almoço apertado.

Elas mal têm tempo de preparar um sanduíche, muito menos uma refeição balanceada e variada.

Por isso, as pessoas buscam a variedade fora de casa, o que faz com que o mercado invista mais e mais em oferta de qualidade.

5 – Mercado diversificado

Considere a ampla variedade de público com diferentes demandas.

Isso abre a possibilidade empresário ou investidor escolher entre muitos nichos e crescer em várias vertentes.

Confira exemplos de consumidores nesse mercado:

– Pessoas que trabalham e que contam só com um curto intervalo para almoço.

– Famílias com filhos que optaram por cortar os custos de uma cozinheira fixa, preferindo almoçar fora de casa, e que procuram pratos para agradar ao paladar das crianças também;

– Terceira idade que, cada vez mais, tem visto o almoço fora de casa como uma oportunidade de socialização;

– Comodidade de receber produtos em casa, e procuram empresas que ofereçam serviços de delivery;

– Restrição de de dieta, como os diabéticos, intolerantes à lactose ou alérgicos a glúten, que precisam de um cardápio variado e sob medida para suas necessidades;

– Vegetarianos e veganos, que querem opções saborosas para substituir os produtos de origem animal;

– Apreciadores de produtos feitos “em casa”, que provocaram um aumento expressivo de artigos como cervejas, chocolates e sorvetes artesanais, por exemplo;

– Consumidores de consciência ecológica, que preferem produtos frescos e orgânicos.

– Consumidor mais exigente, apreciador da alta gastronomia que procura produtos gourmet.

Notou como há muitas vantagens em investir no mercado Food Service?

Do restaurante a quilo ao food truck no parque, adquirir uma refeição pronta para consumo oferece um leque interminável de opções para o consumidor poupar tempo e viver novas experiências gastronômicas.

E é aí que as diversas oportunidades para empreender surgem.

  • Compartilhar
Anna Bella Bernardes
Jornalista formada pela PUC Minas e pós-graduada em comunicação e marketing pela Universidade de São Paulo. Com 7 anos de experiência na área de comunicação, desde 2015 atua com marketing de conteúdo, SEO e inbound marketing.

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.