Planejamento Tributário: Aprenda a fazer o seu corretamente

Planejamento Tributário é essencial para manter sua empresa dentro da lei e evitar dores de cabeça futuras.

Porém, é algo burocrático e que incomoda muitos empreendedores pela complexidade da legislação.

Os tributos representam cerca de 1/3 das receitas, ou seja, custa muito ao empresário. No entanto, se não for dada a devida atenção, pode-se acabar pagando muito mais do que deveria.

Confira o artigo e veja como fazer seu Planejamento Tributário corretamente.

O que é Planejamento Tributário?

Vamos começar pelo início, conceituando o que é Regime Tributário.

Aproveite para dar uma olhada neste artigo que fizemos sobre o assunto.

Ele é um conjunto de normas legais, judiciais ou administrativas que levam à diminuição do pagamento de tributos.

Visando diminuir custos e impostos, um Planejamento Tributário bem feito é essencial para que o empresário estruture o seu negócio.

Para se ter eficiência neste planejamento, é necessário ter conhecimento sobre os tributos de cada operação, além de diagnósticos frequentes de onde serão estipulados os valores referentes ao faturamento, lucros, custos e despesas.

Baseado nessas informações, o empreendedor poderá planejar seus gastos e escapar de possíveis obrigações fiscais.

Quais os principais tributos?

Antes de mais nada, o primeiro passo é conhecer os principais tributos.

ICMS: é o imposto pago sobre a circulação de mercadorias e serviços. As alíquotas variam de acordo com o Estado em que a empresa está situada ou faz negócios. As principais alíquotas interestaduais são 7%, 12% e 18% para produtos nacionais e 4% para importados.

IPI: imposto pago sobre os produtos industrializados. Ele é tributado quando o produto sai pronto da fábrica. Alíquotas variam entre 0% a 300%.

PIS e COFINS: significam respectivamente Programa de Integração Social e Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. As alíquotas, em regra, do PIS são de 0,65% e 1,65% e da COFINS são de 3% e 7,6 conforme o regime tributário e tipo de mercadoria vendida.

IRPJ: é Imposto de Renda Pessoa Jurídica, possui uma alíquota de 15 %.

CSLL: é Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, com alíquota de 9%.

ISSQN: é o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza de âmbito municipal e possui uma alíquota que varia de 2% a 5%.

Tire um raio-x da sua empresa

Agora que você já conhece todos os tributos existentes, chegou a hora de você parar e ver se realmente você conhece a sua empresa.

Liste quais são seus produtos e serviços e qual sua expectativa de faturamento.

A partir daí coloque para quem você pretende faturar, bem como o valor da sua folha de pagamento, margem de lucro e seus gastos e custos.

Escolha do regime tributário

Chegou a hora de você, junto ao seu contador, avaliar em qual regime tributário sua empresa se encaixa.

Essa análise é fundamental, pois dependendo do ramo de atividade, alguns regimes pagam menos impostos ou alíquotas diferenciadas.

Os regimes tributários em vigor no Brasil hoje são:

  • Microempreendedor Individual (MEI): faturamento até R$ 60 mil anuais.
  • Simples Nacional: faturamento anual até R$ 3,6 milhões.
  • Lucro presumido: faturamento anual até R$ 78 milhões.
  • Lucro real: faturamento anual acima de R$ 78 milhões.

Organização é primordial

A organização é palavra-chave na hora de fazer o Planejamento Tributário.

A importância de pagar os impostos em dia traz muitos benefícios ao empreendedor, como falamos neste artigo.

Não abra mão da tecnologia para auxiliar você e sua empresa neste processo de organização.

A notícia boa é que a tecnologia pode te auxiliar nessa questão. Um dos grandes diferenciais da PDVend é a automatização de alguns processos para te auxiliar no controle tributário, inclusive, como:

  • Emissão de NFC-e
  • Relatório de Pagamentos
  • Contabilidade
  • Painel de resultados
  • E muito mais…

 Portanto, organize sua gestão e mantenha seus Impostos em dia com um bom Planejamento Tributário para que no futuro, não tenha dores de cabeça.

Agora você já sabe como fazer um planejamento tributário. Quer saber mais sobre este e outros assuntos? 

Acompanhe nosso blog e fique por dentro dos nossos conteúdos sobre empreendedorismo.

  • Compartilhar
Danilo Colombo
Formado em publicidade e propaganda, apaixonado pelo mundo digital, startups, growth hacking e empreendedorismo. Quando não está pensando sobre negócios, gosta de passar o tempo com sua família. Atualmente é Head of Marketing da PDVend.

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.