Entenda o que é sustentabilidade nos pequenos negócios e como colocá-la em prática

Você sabe o que é um negócio sustentável? E sustentabilidade? Cada vez mais os termos “sustentabilidade” e “negócio sustentável” têm tido peso e são motivos de pauta no ambiente corporativo. Se antes era tudo realizado de forma mecânica e sem consciência do impacto direto que tanto empresas quanto consumidores causam no ambiente, hoje já se sabe que cada decisão de compra ou venda tem seu retorno tanto no aspecto ambiental quanto social, além do econômico. E com as empresas menores não podia ser diferente. Cada vez mais se falam sobre sustentabilidade nos pequenos negócios.

No final dos anos 1980, o empresário norte-americano John Elkington fundou uma ONG chamada Sustainability. Até hoje a ONG tem por objetivo equilibrar as relações das empresas com esses fatores. Para isso foi criado um conceito, chamado de Triple Bottom Line, ou tripé da sustentabilidade. Veja abaixo o que cada um dos lados do tripé elaborado por Elkington representa:

Lado social

Diz respeito às pessoas relacionadas de forma direta ou indireta à empresa. Com esse lado do tripé o objetivo é promover a qualidade de vida de todos os envolvidos. Bem como ultrapassar os limites da organização atingindo a todos.

Lado ambiental

Fala sobre as ações da empresa que são capazes de reduzir e/ou eliminar o impacto negativo causado pelas suas atividades. Reciclagem e uso eficiente de matérias-primas, redução de CO₂ entre outros fazem parte desse lado do tripé.

Lado econômico

Trata da questão do lucro. Porém sob o ponto de vista do Triple Bottom Line. Ao mesmo tempo em que a empresa visa lucrar, ela também deve promover a qualidade de vida e a sustentação dos recursos naturais utilizados no processo.

A partir desse esquema, as empresas puderam ir além dos métodos comuns de medição de lucro, como o retorno sobre investimento (ROI) e valor para os acionistas, e muitas empresas passaram a repensar a forma como elas refletiam na sociedade.

Sustentabilidade nos pequenos negócios

Engana-se quem pensa que pequenas e médias empresas não causam impacto no ambiente a que pertencem. Se você para pra pensar em apenas uma empresa, realmente não há muito impacto. Mas de acordo com o Sebrae, mais de 11 milhões de estabelecimentos estão registrados como micro e pequenas empresas, e isso apenas no Brasil. Agora imagine esses 11 milhões utilizando recursos, como água e energia, diariamente, e temos um problema. Somado à isso, o mercado pede cada vez mais que as empresas se responsabilizem pelo efeito que causam, quer seja o lixo produzido por elas, quer seja seja o impacto positivo na sociedade.

A boa notícia é que quando a empresa resolve reduzir os recursos naturais que ela utiliza, ela também economiza recursos financeiros. E sem levar em conta a particularidade de cada ramo de negócio, sempre é possível colocar soluções sustentáveis em prática dentro das empresas. A diferença é como essas ações podem ser implementadas. Selecionamos algumas ações que podem ser adotadas desde já, de forma a possuir sustentabilidade no seu pequeno negócio, confira:

  • Reduzir o número de impressões no ambiente de trabalho e, se possível, utilizar frente e verso das folhas.
  • Abolir o uso de copos descartáveis, e substituí-los por canecas ou copos de vidro, que serão utilizados muitas vezes.
  • Separar o lixo de forma adequada e enviar para a reciclagem o que for possível.
  • Não utilizar trabalho forçado e infantil, e exigir que desde fornecedores a ciclos de produção assumam esse mesmo compromisso.
  • Promover a igualdade de oportunidades entre minorias, possuindo programas de contratação, capacitação e promoção desses indivíduos.
  • Garantir um nível de vida adequado aos seus colaboradores, por meio de uma remuneração justa.
  • Oferecer ao trabalhador terceirizado as mesmas condições de saúde e segurança reservadas aos empregados regulares, assim como garantir os benefícios básicos a eles.

Inovação e sustentabilidade

Inovação é um termo que combina com sustentabilidade, e ao implementar o princípio da sustentabilidade nos pequenos negócios é possível inovar em inúmeros meios. Além disso, esse tipo de prática só tende a somar nas diversas áreas das corporações, desde a imagem da empresa até o setor financeiro e suas instalações.

E quando você reflete, esse é apenas o próximo passo na escala da evolução humana, que passa a ser consciente do fato de que nada pode ser obtido sem que algum tipo de sacrifício seja feito. Ou seja, para se obter algo é preciso oferecer algo em troca de valor equivalente. Vivemos num mundo com recursos limitados, e cuidar do planeta é tarefa de todos nós.

E então, agora você possui conhecimento sobre empresas sustentáveis, que tal aderir a esse modelo de negócio que cresce cada vez mais e só tende a fazer bem para o nosso planeta? Se você curtiu o texto compartilhe ele nas redes sociais e deixe seu comentário!

  • Compartilhar
content

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.