Conheça as principais tendências do varejo no Brasil

2018 ainda está sendo um ano positivo para o varejo brasileiro. A recuperação da economia traz um impacto positivo para o varejo brasileiro, aumentando o poder de consumo do brasileiro. Por parte das empresas, espera-se um avanço nas iniciativas omnichannel, onde os pilotos e testes começarão a se consolidar e trarão benefícios valiosos para as companhias e, mais ainda, para os consumidores. Fique de olho nas tendências do varejo para os próximos anos e invista em inovação e tecnologia.

Você sabe onde foram parar as locadoras de vídeo e as lojas de revelação fotográfica? Lojas como essas deram espaço para modelos mais atuais de negócio. Continue a leitura e conheça as principais tendências do varejo no Brasil!

Inteligência Artificial

Os hábitos de consumo mudaram e uma das maiores tendências do varejo não é segredo para ninguém. A Inteligência Artificial (IA) e a Machine Learning estão vindo com tudo para facilitar a vida tanto do varejista como dos consumidores. A gestão de risco, por exemplo, protege os negócios através da análise de altos volumes de dados e da criação de regras e perfis automatizados. Essa tecnologia permite a diminuição da ocorrência de chargebacks.

Simulando a capacidade humana de pensar de forma racional e inteligente, a inteligência artificial possibilita uma interação maior entre o homem e a máquina. No varejo, ela vem estreitando a relação do varejista com o cliente.

Os chatbots são bons exemplos do uso da IA no varejo. O sistema é alimentado com as perguntas e respostas mais comuns do e-commerce. Então, o robô, faz o atendimento ao cliente com uma interação mais humanizada. No Brasil, a IA vem sendo bem aplicada no varejo através de chatbot no Magazine Luiza.

Realidade Virtual e Aumentada

A realidade virtual não está presente em apenas jogos eletrônicos e visitas online em museus. Segundo pesquisadores, a realidade virtual e aumentada terá impactado todos os mercados da economia com o passar dos anos. A emoção da compra proporcionada por experiências, cores, movimentos, sons, formas, e sensações já é uma realidade.

Na loja varejista alemã Saturn, são disponibilizados óculos de realidade virtual desenvolvidos em parceria com a Microsoft para que os clientes possam andar em lojas e ir recebendo informações adicionais sobre os produtos. Um assistente virtual também acompanha os clientes no tour pela loja, respondendo dúvidas específicas.

Personalização e customização

Fato é que a ideia de comprar um produto exclusivo tem chamado a atenção de cada vez mais consumidores. E muitas empresas vem buscando maneiras de se diferenciarem no mercado para atrair clientes. Uma das estratégias para se destacarem é a personalização ou a customização. Tanto no produto quanto no serviço e no atendimento.

Recentemente uma cliente cadeirante comprou um tênis com zíper na loja virtual da Arezzo para facilitá-la na hora de calçar o produto sozinha.  Ao receber a encomenda, a cadeirante percebeu que o zíper do calçado era apenas decorativo. Ela entrou em contato com o SAC solicitando a devolução do item. E eis que a empresa mandou para ela um novo calçado. Igual o que ela tinha comprado, mas com um zíper de verdade e com o nome dela no interior do calçado. Essa com certeza foi uma experiência além da compra!

Lojas do Futuro

A Amazon tem sido um símbolo da inovação do varejo e tem apresentado as grandes tendências do varejo.  Recentemente ela inaugurou uma loja sem caixas registradoras em Seattle. Na Amazon Go, o cliente escaneia um código, entra na loja, pega o produto que quer levar e a cobrança vai direto para o cartão de crédito dele.

Enquanto isso, em alguns mercados no Brasil, como no Master Supermercado, localizado no Shopping Frei Caneca, o cliente entra na loja, escolhe seus produtos, passa suas próprias compras em um caixa de autoatendimento, paga no cartão e vai embora sem qualquer interação humana. Um grande avanço no varejo nacional!

Pagamento móvel, criptomoedas e blockchain

O processo de pagamento no varejo tende a se tornar cada vez mais imperceptível. Você já ouviu falar na blockchain? Ela um meio digital de autenticação e validação de documentos que possibilita transações entre empresas e pessoas com baixo custo de forma simples.

A blockchain, ou cadeia de blocos em português, vai muito além das criptomoedas. Ela é como se fosse um imenso livro contábil que funciona com blocos encadeados muito seguros que registram vários tipos de transações e possuem seus registros espalhados por vários computadores. No caso das criptomoedas, a blockchain registra o envio e recebimento de valores.

Empresas brasileiras na corrida pelas as tendências do varejo

O varejo norte-americano ainda se destaca, mas o varejo nacional a cada dia estão par a par da tecnologia utilizada nas empresas internacionais. O aprofundamento e o entendimento para ocorrer o avanço do varejo brasileiro já estão acontecendo. Também está sendo cada vez mais reconhecida a importância do consumidor no centro do negócio, entendendo de que forma ele se relaciona em cada canal.

E aí, você está preparado(a) para o futuro do varejo no Brasil? Conhecia todas essas tendências do varejo que apresentamos no texto de hoje? Não deixe de deixar seu comentário e compartilhar esse artigo com seus amigos. Até mais!

  • Compartilhar
content

Você vai se interessar também.

Escreva um comentário

Quer acesso aos conteúdos exclusivos?

Cadastre-se e receba gratuitamente artigos, novidades e dicas.